o que é síndrome de dumping e os principais sintomas veja aqui.

A síndrome de dumping é uma resposta fisiológica devida à presença de grandes quantidades de alimentos sólidos ou líquidos na porção proximal do intestino delgado.

A causa dessa síndrome é o rápido esvaziamento gástrico que pode se seguir à gastrectomia total ou subtotal, a manipulação pilórica, resultando em perda da regulação normal do esvaziamento gástrico e das respostas gastrointestinais e sistêmicas diante de uma refeição.

Esse rápido esvaziamento gástrico pode refletir em liberação inapropriada de hormônios intestinais, que propiciam os sintomas gastrointestinais, como plenitude e distensão gástrica, dor abdominal, diarréia, sudorese, taquicardia, dentre outros. Esses sintomas podem aparecer rapidamente, dentro de 10 a 30 minutos após a refeição (precoce), ou cerca de duas a três horas depois (tardio).

O rápido esvaziamento gástrico leva a maior oferta de carboidratos ao intestino delgado proximal, pois a glicose (forma simples do carboidrato) é rapidamente absorvida. Por isso, os pacientes predispostos devem ter alguns cuidados, como: reduzir o consumo de carboidratos na dieta; realizar pequenas refeições; evitar a ingestão de líquidos durante as refeições, dentre outros.

A suplementação de fibras pode retardar a absorção de carboidratos e reduzir a carga glicêmica e, consequentemente, reduzir a resposta insulínica.

Por não ser uma doença, e sim um resultado de uma alteração física da função de armazenamento do estômago e desvio intestinal presentes principalmente em algumas técnicas de cirurgia bariátrica, a síndrome de dumping não tem cura e pode acompanhar o paciente por toda a vida.

o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 1
o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 2
o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 3
o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 4
o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 5
o que e sindrome de dumping e os principais sintomas 6